RESENHA: Todos de Pé Para Perry Cook

SINOPSE: “Perry Cook, aos 11 anos, só conheceu uma casa: o Instituto Penal Misto Blue River. Mas apesar de ter nascido e sido criado em uma penitenciária, ele não deseja viver em nenhum outro lugar; lá ele tem a mãe, a benevolente diretora e um grupo de prisioneiros divertidos e bondosos que lhe ensinam lições valiosas todos os dias. Quando, porém, o novo promotor descobre a permanência irregular de Perry em Blue River, ele resolve libertar o menino, mesmo contra a vontade dele. Em sua jornada para se reunir com a mãe, Perry vai mergulhar não só em uma investigação sobre o crime que a levou à prisão mas também em uma jornada emocionante e divertida, perfeita para fãs de Extraordinário e O menino do pijama listrado.”


IMAGEM: Editora HarperCollins Brasil

Comecei essa leitura de forma despretensiosa e sem muitas expectativas. Vi que o livro era comparado ao “Menino do Pijama Listrado” e “Extraordinário“, dois sucessos literários que amo muito. Mas, depois de ter lido “Todos de Pé Para Perry Cook”, eu entendi completamente que a comparação tenha sido feita devido aos grandes valores e sensibilidade que o pequeno protagonista carrega consigo. Perry surpreende pela doçura das palavras e a forma como enxerga o mundo em que vive.

O menino, que nasceu e cresceu no Instituto Penal Misto Blue River, tem um jeito todo especial de acordar os residente todos os dias pelas manhãs: “Bom dia! Aqui é Perry no nascer do sol.” Com essa introdução, ele dá informações de como está o clima lá fora da penitenciária e faz com que o primeiro momento de cada dia seja leve e divertido, bem contrastante com o peso que o local traz aos seus moradores.

Perry vive em Blue River com a sua mãe, Jéssica Cook, que está cumprindo pena há quase 12 anos. O único momento em que o menino se afasta da penitenciária é quando vai ao colégio que fica no mesmo condado, em Surprise, Nebraska. Perry só tem conhecimento do que existe na penitenciária e o que existe no colégio, sua vida se resume a esses dois lugares.

“Não importa onde você more, você faz parte de algum tipo de comunidade. E pode contribuir com ela.”

O menino vive feliz até que surge em seu caminho um promotor público, que descobre a situação irregular de Perry dentro da penitenciária e o retira do “cárcere” contra sua vontade. E a liberdade que seria maravilhosa para qualquer prisioneiro, para Perry se torna um verdadeiro pesadelo. Ele se vê longe de sua mãe e dos amigos que conhecera a vida toda, partindo rumo ao desconhecido.


FOTO: Melissa Marques | Resenhas à la Carte

Uma das coisas que eu gostei durante a leitura, foi poder conhecer um pouco dos residentes da penitenciária. E o melhor foi conhecê-los através dos olhos de uma criança. De um jeito inocente, Perry influencia a vida de cada um dentro do Instituto Penal.

“O motivo que colocou você aqui não é a única coisa que define quem você é.”

Além disso, todos os personagens são muito bem estruturados dentro da narrativa e seus papéis são importantes na história como um todo.

“Procure entender antes de procurar ser entendido. Mantenha a cabeça baixa. Conheça os  outros antes de se mostrar.”

A autora fez uso de licença poética para dar vida e significado à essa história. Apesar de se tratar de uma ficção, os sentimentos ali inseridos são muito reais. A leitura é totalmente cativante e muito emocionante em vários aspectos.

Perry, com seu coração puro e delicado, preenche essas páginas e também todos os nossos pensamentos. É difícil largar a leitura antes do final.

“Todos de Pé Para Perry Cook” mostra que todos merecemos uma segunda chance na vida. Que coisas ruins acontecem com pessoas boas e que apesar de todos os sacrifícios que fazemos, temos sempre que focar nas vitórias do nosso dia à dia.

“O vencer quer dizer contar todas as coisinhas boas que acontecem com você todos os dias como vitórias.”

Não vou falar muito mais para não dar Spoilers. Acho que a experiência da leitura é diferente para cada um. Então, prefiro deixar que leiam e descubram o quanto faz bem ter Perry Cook perto da gente durante as 288 páginas.

Livro: Todos de Pé Para Perry Cook
Autora: Leslie Connor
Editora: HarperCollins Brasil
Páginas: 288
Nota:

…………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………………..>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

Beijinhos e até a próxima!

Comentários

Deixe uma resposta:

Seu e-mail não será publicado.

Site Rodapé

Sidebar deslocada